Bloomberg espera que Trump mude de posição sobre clima

O magnata Michael Bloomberg, enviado especial das Nações Unidas para as cidades e a mudança climática, disse nesta segunda-feira (5) que espera que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, mude seu ceticismo a respeito das alterações do clima. 

O ex-prefeito de Nova York está encarregado de ajudar o secretário-geral da ONU, António Guterres, na organização de uma cúpula de avaliação, no ano que vem, das medidas tomadas após o Acordo de Paris.

Trump anunciou no ano passado a saída de seu país do pacto, ratificado por cerca de 200 nações. No acordo, a comunidade internacional se comprometeu a conter o aquecimento da Terra "muito abaixo" dos 2ºC.  

"Espero que o presidente Trump escute seus assessores, examine os dados e mude de opinião", disse Bloomberg à imprensa. 

Ele viajará nesta semana à Cidade do Cabo, na África do Sul, onde as reservas de água estão em seus níveis mais baixos por causa da seca.