Presidente sírio diz que operações em Ghuta 'devem continuar'

O presidente sírio Bashar al-Assad disse neste domingo (4) que suas forças continuarão realizando operações militares no enclave rebelde de Ghuta Oriental, apesar das pressões internacionais para interrompê-los.

"A operação contra o terrorismo deve continuar, ao mesmo tempo em que os civis continuarão tendo a possibilidade" de sair do local, disse al-Assad à imprensa em um programa transmitido pela emissora estatal.

As forças de al-Assad tomaram um quatro do enclave a leste de Damasco, depois de duas semanas de violentos bombardeios, segundo a ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).