Regulador chinês teria ordenado dificultar a mineração de bitcoins no país

Com a intenção de conter riscos financeiros, os reguladores chineses teriam divulgado um aviso para as autoridades locais, ordenando que eles tornassem mais difíceis as atividades dos mineradores de bitcoins no país.

Um fiscalizador chinês para o risco financeiro da Internet, teria acionado às autoridades chinesas que implementassem medidas para limitar a mineração de bitcoins no país.

Na sexta-feira (5), no Twitter apareceu uma postagem que aparamente demonstra o aviso lançado pelo órgão regulador de risco financeiro on-line do país.

?O pedido exige que os governos locais pressionem gradualmente os mineradores de bitcoins, para estes saírem do negócio. As medidas que as autoridades locais são instruídas a usar incluem o controle do abastecimento de energia às minas de bitcoins, bem como leis a respeito de impostos, uso de solo e proteção ambiental.

Mais de dois terços da potência de processamento mundial dedicada à mineração de bitcoin estão localizados na China, mas as autoridades tencionam esmagar o setor. Elas receiam que as criptomoedas sejam utilizadas como uma ferramenta para a especulação e assim, contribuir para o crescimento do risco financeiro. Além disso, elas têm medo de que moedas virtuais possam ser usadas para financiar atividades ilegais, incluindo lavagem de dinheiro.

Anteriormente neste ano, a China proibiu os residentes do continente de negociarem bitcoins e outras moedas virtuais nas bolsas de valores. Em junho, foi comunicado que várias empresas de mineração de bitcoins foram fechadas ou foram deslocadas ao município autônomo de Mabian Yi, sede de uma mineradora próspera na província de Sichuan, no sudoeste da China.

>> Sputnik