Coreia do Norte nomeia delegados para diálogo com Seul

Primeira reunião está prevista para ocorrer na próxima terça (9)

A Coreia do Norte divulgou neste domingo (7) uma lista de autoridades que vão participar das primeiras rodadas de diálogo com o governo sul-coreano desde 2015.

De acordo com o governo da Coreia do Sul, a delegação do Norte será liderada por Ri Son-Gwon, chefe do departamento responsável pelos assuntos intercoreanos. O grupo também será composto por mais quatro autoridades do governo , incluindo responsáveis pelas questões esportivas.

A primeira reunião depois de mais de dois anos está prevista para ocorrer na próxima terça-feira (9), em Panmunjom, onde é estimado que os dois países concentre a conversa na participação de atletas norte-coreanos nos Jogos Olímpicos de Inverno, que acontecem entre 9 e 25 de fevereiro em Pyeongchang.

Em sua mensagem de Ano Novo, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, já havia dito que seu país desejava o sucesso das Olimpíadas de Inverno e planejava enviar uma delegação. Além disso, Washington e Seul concordaram em adiar suas manobras militares anuais para depois das Olimpíadas. Como resposta, a Coreia do Norte reativou um canal de comunicação por telefone.

Por sua vez, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, comemorou a organização da reunião, mas advertiu que o encontro por si mesmo não ajuda em nada. Além disso, Abe defendeu que é necessário "maximizar a pressão" sobre o regime norte-coreano para forçá-lo a mudar sua política.