Trump considera participação nas negociações entre Pyongyang e Seul

O presidente dos EUA, Donald Trump, declarou apoio às conversações de alto nível entre a Coreia do Norte e Coreia do Sul, marcadas para 9 de janeiro. O líder norte-americano não excluiu a participação dos Estados Unidos e destacou que o diálogo entre Pyongyan e Seul é resultado de sua pressão. "Eu espero que isso funcione."  

Na terça-feira (2), o ministro sul-coreano da Unificação propôs organizar conversas entre Pyongyang e Seul para discutir a participação de atletas norte-coreanos nas próximas Olimpíadas de Inverno, na Coreia do Sul. Posteriormente, o ministério confirmou que Pyongyang aceitou a oferta de Seul de realizar negociações na próxima terça-feira (9).

"Eu gostaria que elas [conversações] continuassem após a Olimpíada. No momento certo, nós estaremos envolvidos. Gosto da que ideia que eles estão realizando em relação à Olimpíada", afirmou Trump. 

A tensão na península coreana se agravou desde o início de 2017 devido aos testes nucleares e de mísseis por Pyongyang, o que viola a resolução do Conselho de Segurança da ONU.