Secretário-geral da ONU pediu unidade para 2018 

O secretário-geral da ONU, António Guterres, em mensagem à comunidade internacional na véspera de Ano-Novo, pediu por união e paz. A mensagem foi publicada na conta do YouTube da organizaçãoO secretário-geral felicitou a todos com a festa e fez um resumo de 2017.

Há um ano, quando iniciei o meu mandato, lancei um apelo à Paz para 2017. Infelizmente o Mundo seguiu, em grande medida, o caminho inverso", disse Guterres. 

Segundo ele, os conflitos se aprofundaram, novas ameaças surgiram, e a possibilidade de um confronto nuclear faz lembrar dos tempos da Guerra Fria.

"Assistimos a violações horríveis de direitos humanos. Os nacionalismos e a xenofobia estão a aumentar", alertou Guterres. 

Em função disso, o português pediu mais união no mundo em 2018. Os principais objetivos da humanidade, em sua opinião, devem ser a diminuição do abismo entre os mais ricos e os mais pobres, bem como a superação das divergências entre os países, a recuperação da confiança e a formação de metas comuns.

"Ao começarmos 2018, apelo à união. Acredito verdadeiramente que podemos tornar o Mundo mais seguro. Podemos solucionar os conflitos, superar os ódios e defender os valores que temos em comum. Mas só poderemos fazê-lo  em conjunto. Apelo aos líderes em todo o Mundo para o seguinte compromisso de Ano Novo — Estreitem laços, lancem pontes, reconstruam a confiança reunindo as pessoas em torno de objetivos comuns. A união é o caminho. O nosso futuro depende dela. Desejo a todos paz e saúde em 2018", concluiu o secretário-geral da ONU.

>> Sputnik