Polícia da Holanda prende quatro pessoas por suspeita de terrorismo

Apesar de não haver indícios de ataque, autoridades dizem que preferem não arriscar

Em Roterdã, a polícia holandesa prendeu três holandeses e um sueco por suspeita de envolvimento com terrorismo, informou a mídia local nesta terça-feira (26). Os suspeitos holandeses são um homem de 21 anos, da cidade de Vlaardingen, outro de 30 anos, de Delft, e um homem de Gouda, de 23 anos, informou o jornal local NL Times, citando um comunicado do promotor público.

Outro indivíduo, um sueco de 29 anos, chegou ao país em um avião vindo de Estocolmo, no domingo. As autoridades holandesas foram informadas sobre seu possível envolvimento com terrorismo por um serviço estrangeiro de polícia, afirmou o comunicado. O indivíduo e três suspeitos holandeses foram presos ainda no domingo, após a chegada do sueco.

Os quatro homens estão atualmente sob custódia para questionamentos e investigação, informou o comunicado. "Também não há informações concretas que apontem para um ataque. Na prevenção de um ataque terrorista, o promotor público e a polícia preferem não correr riscos. Qualquer indício pode ser suficiente para a intervenção", disse o promotor em comunicado, como citado pelo jornal.

Após as prisões, as autoridades da Holanda realizaram buscas em quatro endereços em Vlaardingen, Delft e Gouda, durante as quais a polícia apreendeu dados, segundo o informe. Não foram encontradas armas ou explosivos durante as buscas.

As autoridades de muitos países da União Europeia realizaram recentemente operações de combate ao terrorismo após uma série de ataques letais que atingiram países do bloco.

Sputnik