Candidato opositor a Putin não poderá disputar eleições em 2018, decide Comissão Eleitoral

O opositor russo Aleksei Navalny não pode se inscrever como candidato para a eleição presidencial de 2018, conforme decidido pela Comissão Central Eleitoral da Rússia (CEC) em uma reunião nesta segunda-feira.

A Comissão explicou que, embora todos os documentos do requerente estejam em ordem, ele não tem o direito de participar como candidato nas eleições porque ele foi condenado em 2017 por um crime grave e tem uma sentença pendente. Navalny assegurou aos membros da CEC que esta decisão viola a Constituição russa.

Na noite de ontem, o opositor conhecido como o maior inimigo público do presidente Vladimir Putin protocolou a candidatura com o apoio de 800 pessoas. Se aceito o registro, Navalny ainda precisaria reunir 1 milhão de assinaturas para que seu nome constasse nas cédulas de votação russas, conforme manda a lei eleitoral.

Putin, por sua vez, deve dar entrada nos documentos de candidatura através de representes já nesta terça (26).

Sputnik