Ativistas tentam tirar menino Jesus de presépio no Vaticano

Integrantes do Femen foram contidas pelas forças de segurança

Ativistas do movimento feminista Femen foram detidas nesta segunda-feira (25), no Vaticano, após tentarem tirar uma representação do menino Jesus do presépio da praça São Pedro.

    O episódio aconteceu por volta de 10h (horário local), antes da bênção de Natal do Papa Francisco. As duas ativistas são ucranianas, e uma delas estava com o torso nu, a que tentou levar a figura de Cristo.

    Ela se atirara sobre o presépio aos gritos de "Deus é mulher", slogan que também estava escrito em suas costas. O caso é acompanhado pela Divisão de Investigações Gerais e Operações Especiais (Digos) da Polícia de Estado da Itália. (ANSA)