Puigdemont estuda pedir asilo na Bélgica, diz jornal

O presidente destituído da Catalunha, Carles Puigdemont, e quatro ex-secretários de seu governo estudam pedir asilo político na Bélgica por conta da denúncia de "rebeldia" e "sedição" feita pela Procuradoria-Geral da Espanha.

A informação foi publicada pela emissora espanhola "La Sexta" e pelo jornal catalão "El Periódico", mas ainda não há confirmação oficial.