'Le Monde': Ministro de Macron é acusado de conflito de interesses 

Jornal francês Le Canard Enchaîné denunciou fato ocorrido em 2010

Matéria publicada nesta terça-feira (30) pelo Le Monde conta que Ricard Ferrand, Ministro da Coesão Territorial, nomeado pelo novo presidente Emmanuel Macron, está envolvido em um caso de conflito de interesses.

Segundo a reportagem Ferrand é acusado de favorecer sua mulher. O fato foi denunciado pelo jornal Le Canard Enchaîné e ocorreu em 2010. Na época ele dirigia uma seguradora, Mutuelles de Bretagne, que procurava um novo lugar para a instalação de uma clínica. Um imóvel aparece no mercado, prestes a ser leiloado. Ele é adquirido por uma empresa criada especialmente para a transação pela sua esposa, a advogada Sandrine Doucen.

Monde acrescenta que em seguida, a seguradora dirigida por Ferrand alugou o prédio de sua esposa, bancando a reforma. O negócio pode não ser ilegal, mas para o advogado do vendedor do prédio, que estava endividado, Ferrand enriqueceu usando o dinheiro da empresa para bancar a reforma do local.

> > Le Monde