Autor de ataque em Manchester seria homem chamado Salman Abedi

Rede "CBS" informou que homem de 23 anos morreu na explosão

O suicida do atentado terrorista durante um show da cantora pop Ariana Grande em Manchester, na Inglaterra seria o jovem Salman Abedi, de 23 anos, informou a rede CBS, divulgando a identidade do principal suspeito.

A emissora de televisão informou que o homem já era conhecido pelos serviços de inteligência. No entanto, não há confirmação oficial da identidade do suspeito ainda.

O autor do atentado morreu na explosão realizada com uma bomba de fabricação caseira. O Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do ataque.

>> 'Matar crianças infiéis não é crime', diz Estado Islâmico

>> Após ataque em Manchester, 12 crianças estão em estado grave

Explosão em show de Ariana Grande deixa mais de 20 mortos

Pelo menos duas "explosões" foram ouvidas na noite desta segunda-feira (22) na Manchester Arena, em Manchester, no Centro do Reino Unido, durante um show da cantora pop norte-americana Ariana Grande. O ataque deixou 22 mortos e 59 feridos.

O EI disse que um jihadista implantou bombas na Manchester Arena, em vingança aos ataques a terras muçulmanas.

A primeira vítima identificada é a estudante de 18 anos Georgina Callander. Ela fazia um curso de Saúde e Assistência Social na Universidade Runshaw College, em Lancashire. Outra vítima é uma criança de oito anos, que foi ao show com a mãe.

Ao menos 12 crianças e adolescentes estão internados em estado grave. De acordo com fonte consultadas pela emissora BBC, todos têm menos de 16 anos. Dezenas de crianças ainda estão desaparecidas. Pais e familiares usam as redes sociais para localizá-las.

>> Explosão em show de Ariana Grande leva pânico a Manchester, no Reino Unido