Estado Islâmico publica vídeo de decapitação de agente russo

Militar russo foi identificado como Evgeny Petrenko

O grupo extremista Estado Islâmico (EI) publicou um vídeo com a decapitação de um suposto oficial russo na Síria, informou nesta terça-feira (9) a agência especializada em contraterrorismo SITE.

As imagens, gravadas em russo e em árabe, duram 12 minutos e foram divulgadas no mesmo dia em que a Rússia celebrou o aniversário da vitória soviética na Segunda Guerra Mundial. De acordo com posts de extremistas nas redes sociais, o soldado russo seria Evgeny Petrenko, que atuava no serviço de inteligência.

Após fazer críticas às ações do governo russo na Síria e à imprensa de Moscou, o vídeo mostra o suposto militar fazendo uma confissão. Ele veste um macacão preto e um boné. Depois, ele aparece ajoelhado diante de um terrorista, que o decapita.

No entanto, nem a autenticidade do vídeo nem a identidade da vítima ainda foram confirmadas por Moscou.

A Rússia oferece suporte militar ao governo do ditador sírio, Bashar al-Assad, na repressão contra milícias rebeldes e grupos terroristas.