Em Milão, Papa visitará presídio San Vittore

Visita do Pontífice está marcada para 25 de março

O papa Francisco irá fazer uma visita ao presídio San Vittore, em Milão, no dia 25 de março, informaram os organizadores da viagem do Pontífice à cidade nesta segunda-feira (27).

Segundo o porta-voz do evento, "esse é um desejo que será realizado". No presídio, Jorge Mario Bergoglio almoçará com detentos e passará boa parte do dia conhecendo a história dos presidiários.

As visitas do líder da Igreja Católica a centros de detenção pelo mundo são incluídas, quando possível, na agenda de compromissos de Bergoglio em outras cidades ou países. Assim foi durante visitas a Bolívia e ao Paraguai, por exemplo.

O tema é muito caro ao líder católico, que sempre pede por condições dignas para os detentos e ressalta a importância do perdão. Em diversas homilias e celebrações, o Papa reflete sobre o tema e o usa como exemplo da importância da misericórdia.

Além da ida ao presídio, o sucessor de Bento XVI celebrará um missa no parque de Monza, que deverá reunir 600 mil pessoas.

"Mas, a visita não será absolutamente blindada. Há uma grande expectativa e estamos fazendo um trabalho de equipe junto a todas as instituições", acrescentou o presidente da região, Roberto Maroni.

Já o prefeito de Milão, Giuseppe Sala, destacou que "o Papa quer encontrar a realidade poliforme de Milão e nós precisamos nos colocar à serviço do Santo Padre para que a visita funcione da melhor maneira.