Homem mata mulher por infidelidade e anda 8 km para se render à polícia

Um agricultor da cidade indiana de Dhareli matou sua esposa por infidelidade e, em seguida, se entregou à polícia.

Segundo o jornal britânico The Sun, Narayan Singh, de 38 anos de idade, viu sua esposa Sarita com outro homem e a decapitou com uma espada em um ataque de raiva em 31 de janeiro, de acordo com os vizinhos do homem.

Após o assassinato, o camponês andou 8 km com a cabeça de sua esposa na mão até chegar a uma delegacia da polícia para se render.

"Eu avisei duas vezes. Minha esposa tinha violado a minha confiança e por essa razão a decapitei", explicou o homem àqueles que encontrava durante seu caminho até à delegacia.

De acordo com o depoimento de pessoas próximas do suposto assassino, Singh tinha encontrado sua mulher com um amante duas vezes, mas deixou-os ir-se embora ameaçando com "graves consequências" se voltassem a se encontrar.