Theresa May diz que vai desafiar Trump em 'questões que considerar inaceitáveis'

Primeira-ministra do Reino Unido deve se encontrar com o presidente norte-americano na sexta

Às voltas com as preparações para a saída do Reino Unido da União Europeia, Theresa May vai interromper a turbulenta agenda no seu país para visitar Donald Trump na próxima sexta-feira (27).

Assuntos como comércio e imigração devem estar em pauta, mas o encontro pode marcar o início de uma relação difícil do mandatário dos EUA com líderes europeus. Isso porque, mesmo antes de viajar, May já deu o tom da forma como espera lidar com Trump: disse que não terá medo de desafiá-lo em "questões que considerar inaceitáveis".

"Teremos uma oportunidade de falar sobre nossa possível relação comercial futura e também a respeito de alguns dos desafios mundiais que todos enfrentamos", completou a premiê entrevista para a British Broadcasting Corp., citando o terrorismo, o conflito sírio e a importância da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

A Otan deve constituir um ponto de embate. Em mais de uma ocasião, Donald Trump disse considerar a organização "obsoleta".