Universidades da Itália dão curso sobre Islã

Programa visa combater o extremismo religioso e intolerância

Seis universidades da Itália vão disponibilizar um curso de formação sobre os direitos e deveres da Constituição islâmica.    

Apoiado pela Fondazione Flaminia, da Universidade de Ravenna, o projeto tem o objetivo de promover um diálogo entre religiões e culturas diferentes para melhorar a integração dos povos.    

O curso será coordenado pela professora da Universidade de Bolonha, Federica Botti, e poderá ser encontrado nas universidade de Bolonha, Calábria, Salerno, Bari, Pisa e Florença.    

O programa fornece os princípios constitucionais relativos à liberdade religiosa, consciência e edifícios religiosos; livre exercício dos cultos; o respeito pelas diferentes religiões; a liberdade de celebrar os ritos; e as obrigações legais que devem ser respeitadas. Além disso, os alunos também vão se aprofundar nas identidades culturais para desenvolverem o respeito mútuo e a convivência como antídoto para o radicalismo, extremismo religioso e intolerância.