Consulado da Itália em SP reconheceu 4 mil cidadanias no ano

Balanço foi divulgado pela própria representação diplomática

O Consulado Geral da Itália em São Paulo realizou cerca de 4 mil reconhecimentos de cidadania em 2016, ano em que houve uma mudança no processo para obter a dupla nacionalidade.

O balanço foi divulgado pela representação diplomática do país europeu nesta sexta-feira (30) e mostrou também que há 202.832 cidadãos italianos residentes inscritos no Consulado, alta de 12 mil em relação a 2015.

Em 2016, o processo para obtenção de dupla nacionalidade ficou menos burocrático, com a entrada em vigor no Brasil da Apostila da Convenção de Haia. A medida extingue a fase de validação e legalização em representações diplomáticas estrangeiras dos documentos necessários para tirar a cidadania - como certidões de nascimento e casamento.

Além disso, beneficia transações comerciais, jurídicas e educacionais, consolidando em uma única apostila toda a informação necessária para validar um documento em outra nação que faça parte do pacto, incluindo a Itália. Essa apostila é uma espécie de certificado emitido no país de origem da pessoa física ou jurídica interessada e que garante a autenticidade do documento em questão.

Isso torna todo o processo um pouco menos burocrático, mas não houve nenhuma alteração nos critérios da Itália para conceder nacionalidade aos brasileiros. Todo o restante do processo continua exatamente o mesmo.