Papa deseja feliz natal a vítimas em Aleppo

Papa pediu solução da crise síria, mencionou crianças da Nigéria e conflitos em outras regiões

O papa Francisco desejou paz neste Natal para os que sofrem com as guerras e para os que perderam pessoas amadas para o terrorismo. Francisco se pronunciou no balcão da Basília de São Pedro e citou o sofrimento na guerra da Síria, especialmente durante "as batalhas mais terríveis" em Aleppo.

Francisco também lamentou que, na Nigéria, "o terrorismo fundamentalista explore até as crianças". O Boko Haram vinha usando meninos para ataques suicidas no país.

O papa lamentou os conflitos e tensões na África, no leste ucraniano, em Mianmar, na península coreana, na Colômbia e na Venezuela. O líder da Igreja Católica pediu que a comunidade internacional negociasse uma solução para a crise síria e que israelenses e palestinos que abandonem o ódio e a vingança.