Mercado de Natal de Berlim reabre 3 dias após atentado

O mercado de Natal de Berlim, na Alemanha, que foi alvo de um atentado terrorista assumido pelo Estado Islâmico (EI), reabriu nesta quinta-feira (22), três dias após o ataque.

Localizada na praça Breitscheidplatz, entre duas avenidas de médio porto, a feira de barraquinhas de madeira foi montada especialmente para as festas de fim de ano, seguindo a tradição europeia de mercados natalinos de rua.

Nesta quinta-feira, apenas um quarto das lojas voltou ao funcionamento normal. Apesar da lenta retomada, em meio ao luto pelos 12 mortos e 48 feridos do atentado, o público já começa a se dirigir novamente para o mercado. Para evitar novos incidentes, foram colocados blocos de cimento no perímetroda feira.

Na noite de 19 de dezembro, por volta das 20h40 locais, um caminhão foi lançado contra o público. As autoridades alemãs confirmaram que foi um atentado terrorista e agora buscam pessoas responsáveis pelo ato. O principal suspeito é um tunisiano, Anis Amri, de 24 anos.