'Le Monde': Lagarde será julgada por negligência em caso que favoreceu empresário

Matéria publicada nesta segunda-feira (12) pelo francês Le Monde conta que Lagarde é acusada de "negligência" em uma arbitragem que levou ao desvio de recursos públicos de um organismo sob sua responsabilidade, quando ela ocupava a pasta da Economia na presidência de Nicolas Sarkozy (2007-2012).

A reportagem informa que a ex-ministra da Economia francesa Christine Lagarde, atualmente diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), comparece a partir desta segunda-feira (12) diante da Corte de Justiça da República, um tribunal excepcional encarregado de julgar crimes e delitos cometidos por membros do governo no exercício de suas funções.

> > Le Monde Affaire Tapie : Christine Lagarde devant les juges

O Monde acrescenta que Lagarde nega ter sido negligente. O diário reitera que seu advogado, vai pedir o adiamento da sentença, amparado no argumento de que a Justiça ainda não estabeleceu o desvio de dinheiro público. Mas caso Lagarde seja reconhecida culpada, a atual diretora-gerente do FMI poderá ser condenada a um ano de prisão e multa de € 15 mil euros. O julgamento vai até 20 de dezembro. Em julho, Lagarde foi reeleita para um mandato de cinco anos à frente do FMI.

Leia Também

> > 'BBC': Christine Lagarde é julgada na França