Cuba e União Europeia firmam acordo de diálogo e cooperação

Cuba e União Europeia assinaram em Bruxelas o “Acordo de Diálogo Político e Cooperação”. Se trata do primeiro pacto subscrito entre as partes e que põe fim ao bloqueio que desde 1996 impunha uma relação restritiva e unilateral com Cuba. As informações são da Agência Télam.

"Hoje reconhecemos que há mudanças em Cuba e queremos acompanhar essa mudança econômica e social", disse a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, Bruno Rodríguez, e 28 chanceleres da União Europeia.

Rodríguez, que defendeu ante homólogos europeus o direito de um país escolher seu sistema político e a não ingerência, destacou que o pacto "continuará enriquecendo uma relação histórica e culturalmente intensa" de Cuba com os 28 países europeus.

Com a assinatura deste pacto, a UE põe um fim à chamada “Posição Comum” adotada contra Cuba em 1996, que vinculava a cooperação europeia a "melhoras nos direitos humanos" e que o regime de Fidel Castro qualificava de "ingerencista" e "discriminatória".

Com Agência Brasil e Agência Télam