Italiano desafia conterrâneo por comando do Parlamento da UE

Antonio Tajani se candidatou à presidência do Congresso

O italiano Antonio Tajani, de 63 anos, se candidatou nesta quarta-feira (7) à presidência do Parlamento Europeu, cargo ocupado atualmente pelo alemão Martin Schulz, 60.

Vice-presidente da Casa, Tajani pertence ao conservador Partido Popular Europeu (PPE), principal força no Parlamento e que escolherá seu candidato oficialmente na semana que vem. Em seu país, ele integra o Força Itália (FI), legenda de Silvio Berlusconi.

O eurodeputado também já foi comissário da UE para Transportes (2008-2010) e Indústria (2010-2014). Se sua candidatura se confirmar, Tajani deve concorrer contra outro italiano, Gianni Pittella, 58, do grupo de centro-esquerda Socialistas e Democratas (S&D).

Nesta quarta-feira, Pittella foi reeleito por aclamação como líder do S&D no Parlamento Europeu. A presidência do Congresso da UE é ocupada desde 2012 por Schulz, que não disputará um terceiro mandato para poder se dedicar à política alemã.