Boca de urna projeta vitória de François Fillon na França por 60%

Candidato apresentou programa de governo austero, propondo cortes de mais de 500 mil cargos públicos e cortes de 110 bilhões no orçamento francês.

Duas pesquisas de boca de urna realizadas pela empresa Odoxa e Opinion Way, apontam Fillon como o vencedor das primeiras primárias da história da direita na França. As duas sondagens apontam para a mesma proporção de votos: 60% para Fillon e 40% para o concorrente, Alain Juppé. A informação é da emissora belga RBTF.

Os números atualizados começam a serem atualizados a partir das 20h30 (17h30, horário de Brasília). Os dois candidatos disputam o segundo turno das primárias, após vencerem candidatos importantes como o ex-presidente, Nicolas Sarkozy. 

Propostas 

Fillon, que foi primeiro-ministro do ex-presidente Nicolas Sarkozy entre 2007-2012, promete eliminar 500.000 empregos públicos e  cortar 110 bilhões de euros em gastos públicos para "salvar" a economia francesa. 

O adversário Juppé, também ex-ministro de Sarkozy acusa o programa de Fillon de "brutalidade". Ele promete corte estrutural do orçamento entre 85 e 100 bilhões de euros em 5 anos. Em entrevista, ele também defendeu mais diálogo com a Rússia. 

"É um grande país […] não posso nem pensar em não falar com (seu presidente) Vladimir Putin", disse o político ao canal BFMTV.