Câmara italiana aprova voto de confiança à Lei Orçamentária

Foram 348 votos a favor e 144 contrários na votação desta sexta

A Câmara italiana aprovou, nesta sexta-feira, dia 25, o voto de confiança à Lei Orçamentária de 2017 do país, com 348 votos a favor e 144 contrários.

A votação final sobre o assunto está prevista para a tarde da próxima segunda-feira (28). O texto ainda passará pelo Senado.

A lei orçamentária prevê para o próximo ano um déficit de 2,3% do Produto Interno Bruto (PIB) e uma dívida de mais de 130%. Neste total, no entanto, não estão incluídas as despesas para reconstruir as cidades atingidas pelos terremotos nos últimos meses e para ajudar com a crise migratória.

O orçamento também contará com aumento de investimentos, principalmente nos setores da saúde e da educação, com o incentivo de 800 euros para casais que engravidarem, a "bolsa bebê", a ajuda financeira de mil euros para as famílias que tiverem crianças que sofram de doenças crônicas, além da possibilidade de adiantar as aposentadorias.