França lança programação turística para 2017

Com mais de 40 patrimônios da Unesco, o país esbanja maravilhas

Em um evento na Embaixada da França na Santa Sé, a Agência de Desenvolvimento do Turismo da França apresentou formalmente à Itália o programa cultural do país de 2017. Novos itinerários e muitos locais de arte compõem a lista do turismo francês, além dos inúmeros pontos turísticos considerados Patrimônio Mundial pela Unesco. 

Entre as novidades, está um tour de Natal entre os castelos do Vale da Loira com espetáculos e com direito a visita guiada no espírito e vestimenta natalina. Já o Mont Saint Michel, mosteiro construído (acredita-se em 700) em uma ilha rochosa em meio ao alto mar, estará comemorando aniversário de fundação e também terá eventos especiais. 

Os 500 anos do nascimento do bairro Le Havre, região dos arquitetos, será comemorado com festas, retrospectivas e mostras da sua história. E ainda no tema das artes arquitetônicas, Le Corbusier, um dos mais famosos e célebres arquitetos e urbanistas do século 20, teve algumas obras consideradas bens da Unesco. 

Há ainda a reabertura do castelo Azay-le Rideau, no Vale da Loira, uma construção do renascimento frânces feito em cima do rio Indre.

Vale a pena uma visita ao Panteão de Paris, principalmente, porque lá estará exposta a mostra "O Barroco e o Iluminismo". 

Já obras-primas do século 18 das igrejas parisienses estarão em exposição no Museu das Belas Artes, o "Le Petit Palais". 

As propostas culturais se estendem por todo o território do país. A lista passa de 40 mil monumentos, 41 patrimônios mundiais da Unesco, oito mil museus, mais de