Ataque saudita em velório de pai de ministro deixa mortos e feridos no Iêmen

Aviões da coalizão militar liderada pela Arábia Saudita provocaram várias mortes e deixaram vários feridos neste sábado após um ataque em uma área dominada por rebeldes houthis no Iêmen, segundo informou a agência Reuters. 

De acordo com fontes locais, um míssil atingiu um salão no sul da capital, Sanaa, onde estava sendo realizado o funeral do pai do ministro do Interior iemenita, Jalal al-Roweishan, destruindo o prédio. 

Ainda não está claro se o ministro se encontrava no velório. A coalizão saudita não comentou o episódio.  Testemunhas afirmaram ter visto inúmeras ambulâncias se dirigindo ao local da explosão, em meio a uma grande nuvem de fumaça. Médicos disseram que há muitos mutilados e corpos carbonizados, mas ainda é cedo para fazer um balanço sobre a quantidade de vítimas. 

Alguns órgãos de imprensa, no entanto, falam em pelo menos 75 civis mortos. Outros dizem que pode haver centenas. Um hospital da cidade informou que pelo menos 20 pessoas já receberam alta.