Polícia prende homem que estuprou australiana em Roma

Romeno de 40 anos já tinha esfaqueado outra mulher

A Polícia de Roma prendeu um homem de 40 anos acusado de estuprar uma turista australiana no parque "Colle Oppio", próximo ao Coliseu, no fim de semana.

Segundo fontes policiais, o suposto agressor é natural da Romênia e deverá responder pelos crimes de violência sexual, sequestro e lesões corporais. Ele já havia sido preso por tentativa de homicídio após esfaquear uma romena em 2015. No entanto, em no dia 30 de junho deste ano, ele ganhou a liberdade condicional.

Há dois dias os investigadores estavam coletando dados sobre o suposto estuprador, utilizando imagens de câmeras de segurança que ficam próximas aos pontos turísticos.

A reconstituição do crime mostrou que o homem e a turista tomaram um bebida juntos em um bar próximo ao local do crime e saíram juntos do estabelecimento. No entanto, no meio do caminho, ele agrediu a australiana de 49 anos e a estuprou.

"Ele me deu um soco no rosto que me jogou no chão", contou a mulher que ainda está internada com traumatismo craniano e lesões por todo o corpo. A australiana só deve deixar hospital daqui a 30 dias.

A mulher foi socorrida por um pedestre que caminhava na região, já quando estava sozinha. Agora, a Polícia investiga se mais alguém participou da agressão à turista.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais