'NYT': Trump “declarou prejuízos de 916 milhões de dólares" em 1995

Reportagem diz que candidato republicano evitou pagar impostos durante 18 anos 

Matéria publicada pelo jornal New York Times neste sábado (3) alerta que o candidato republicano à Casa Branca parece ter evitado, legalmente, pagar impostos durante mais de 20 anos ao declarar perdas de 916 milhões de dólares em 1995.

Segundo a reportagem a questão dos impostos de Donald Trump é considerada fundamental e ao mesmo tempo sensível, atendendo a que o magnata do imobiliário recusou até à data tornar públicas as suas declarações de impostos, uma prática tradicionalmente realizada pelos candidatos à presidência dos Estados Unidos por uma questão de transparência. A sua rival, Hillary Clinton, já divulgou a respetiva declaração de impostos.

> > Donald Trump Tax Records Show He Could Have Avoided Taxes for Nearly Two Decades, The Times Found

New York Times diz ter tido acesso, através de uma fonte anônima, à declaração fiscal de Donald Trump de 1995, um ano em que segundo o jornal, Donald Trump teria “declarado prejuízos de 916 milhões de dólares".

O documento, de três páginas, foi entregue anonimamente ao jornal New York Times e publicado na edição de sábado. Os papeis levantam dúvidas sobre como Trump teria gerenciado suas perdas nesta declaração e durante os anos seguintes, em que seus negócios deslancharam. O empresário teve muitos problemas financeiros entre 1980 e início de 1990 na indústria de cassinos, seguidos por um sucesso mais recente com programas de televisão e as operações de hotelaria.

Com a possibilidade de deduzir as perdas nas declarações futuras, pessoas mais experientes costumam relatar todo o prejuízo nas épocas de "vacas magras" e, nos anos seguintes, ocultar parte dos lucros e, com isso, pagar menos impostos.

O imposto de renda de Trump tem sido foco de rivais de campanha durante os últimos oito meses, uma vez que Ted Cruz e Marco Rubio o desafiaram a liberar suas declarações durante um debate para as preliminares em fevereiro. No debate da semana passada, a candidata democrata Hillary Clinton sugeriu o Trump não divulga suas declarações porque ele tem evitado o pagamento de imposto de renda.

Trump se recusou a comentar os documentos. No lugar, os funcionários de sua campanha lançaram uma declaração que nem nega, nem confirma os prejuízos reportados. "Trump é um homem de negócios altamente qualificado e que tem uma responsabilidade com seus impostos (...) e pagou centenas de milhões de dólares em taxas sobre sua propriedade", disse a nota.