EUA podem se retirar de diálogo sobre Síria se não for alcançado um acordo urgente

Os Estados Unidos podem se retirar das negociações sobre a Síria se não for alcançado um acordo urgentemente para a resolução da crise no país. É o que afirma uma fonte da Administração norte-americana, citada pela agência Reuters.

"Se for possível alcançar um acordo, nós queremos fazer isso urgentemente, por conta da situação humanitária. No entanto, nós precisamos conseguir que seja alcançado um acordo efetivo", disse a fonte nas margens da cúpula do G20. 

De acordo com a agência, Washington pode interromper o processo de negociação se o acordo não foi alcançado em breve.  

"Se nós não conseguirmos este tipo de acordo que queremos, nós nos interromperemos estes esforços", disse a fonte.  

Um regime de cessar-fogo entrou em vigor na Síria em 27 de Fevereiro, no entanto as partes do conflito constantemente relatam violações da trégua.