Ataque de caminhão-bomba em Cizre matou 118 policiais turcos, segundo curdos do PKK

O Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) disse neste sábado (26) que 118 policiais turcos foram mortos ontem (25) por um caminhão-bomba na cidade de Cizre, no sudeste do país.  

A alegação foi feita por meio de um comunicado emitido pelo PKK. 

Ancara, por sua vez, declarou que 11 policiais foram mortos após o ataque terrorista na sexta-feira, e que 78 pessoas estariam feridas. 

"O combatente Mustafa Aslan realizou o ataque usando grande quantidade de explosivos… 60 veículos armados foram danificados… 118 policiais turcos morreram, 152 ficaram feridos", disse o PKK, acrescentando que o caminhão teve por alvo o distrito onde fica o quartel-general da polícia e do exército na cidade. 

Confrontos armados entre o PKK e as forças turcas ocorrem regularmente na província de Sirnak, no sudeste do país, especialmente desde julho de 2015, com o colapso de um cessar-fogo.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais