'Clarín': Filha de Cristina Kirchner tem milhões em contas bancárias

Extrato bancário indica que Florencia tem mais de US$ 5,5 milhões em seu nome

Matéria publicada nesta terça-feira (12) no jornal argentino Clarín, conta que Cristina Kirchner é a primeira presidente desde 1983 que está processada e com todos os seus bens embargados, em uma causa judicial que investiga possíveis delitos financeiros que prejudicaram o Estado. Cristina Kirchner não poderá dispor da fortuna que acumulou junto com seu ex-esposo, também ex-presidente Nestor Kirchner, morto em 2010, em mais de 1.200 por cento durante três gestões presidenciais? A agora empresária full-time de uma rede de hotéis e de imobiliárias poderia usar parte de seu patrimônio gerado nos anos de fulgor político Kirchnerista (que governou a Argentina entre 2003 e 2015).

Segundo a reportagem, com base em um documento que a própria ex-presidente disse que era verdadeiro, Clarín conseguiu saber que, pelo menos até 10 de junho, a herdeira tinha um saldo de US$ 1.032.144,91, equivalentes (no câmbio de 14,15 pesos) a 14.604.850,48 pesos, em uma conta bancária aberta em dólares no Banco Galicia. O mesmo documento financeiro indica que até essa data Florencia, a filha menor do casal Kirchner, também tinha US$ 4.664.000, equivalentes a 65.995.600 de pesos em dois cofres de segurança. Esses dados constam do documento “Detalhes de prazos fixos vigentes no dia 10/06/2016”.

O Clarín fala em seu texto que é a mesma informação que foi coletada pela Justiça em um operativo realizado no lugar onde trabalha o contador dos Kirchner, Víctor Manzanares. Os Kirchner têm, além dessas contas, outras que pertencem às suas empresas, como a hoteleira Hotesur e a imobiliária Los Sauces. Ou a que corresponde ao inventário de Néstor Kirchner, que ainda não terminou. A deputada Margarita Stolbizer e sua assessora Silvina Martínez denunciaram na semana passada que os Kirchner tinham realizado “movimentos suspeitos em diferentes contas bancárias e em cofres de segurança não declarados” por um total de cerca de “cinco milhões de dólares”.