Governo britânico descarta segundo referendo sobre o Brexit

O governo britânico rechaçou a petição pública que pedia a realização de um segundo referendo sobre o Brexit.

O pedido tinha 4,1 milhões de assinaturas, mas o governo britânico negou-se a considerar a proposta de um segundo referendo e pediu que os signatários da petição respeitem a vontade dos 33 milhões de cidadãos que participaram da votação que decidiu pela saída do Reino Unido da União Europeia.

No futuro próximo, o governo do Reino Unido planeja dar os primeiros passos para formalizar o Brexit.

“Em sua mensagem à Câmara dos Comuns, David Cameron ressaltou que o referendo havia se convertido em um dos procedimentos democráticos mais importantes da história”, destaca o comunicado oficial do governo.

Os eleitores britânicos decidiram em referendo, no dia 23 de junho, que o Reino Unido vai sair da União Europeia, depois de o Brexit — união das palavras Britain (Grã-Bretanha) e exit (saída, em inglês) — ter conquistado 51,9% dos votos. Com o resultado, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou que deixará o cargo em outubro.