Pacote de reformas de aposentadorias foi aprovado na Grécia

Medidas foram condições do FMI e da em troca de ajuda financeira

Parlamento grego aprovou o pacote de reformas no sistema de aposentadorias do país,  determinado nessa segunda-feira(9), depois de confrontos entre policiais e manifestantes que são contra o projeto de lei. Essas medidas de aperto econômico é o modo de manter o apoio financeiro do Fundo Monetário Internacional (FMI) e da União Européia (EU).

O projeto de lei aumenta o auxilio para aposentadorias e amplia os impostos, exigências da EU e do FMI, credores da divida grega, em troca do empréstimo oferecido ano passado.

Nessa segunda – feira, os ministros das Finanças da zona do euro irão debater o avanço da Grécia em questões econômicas e fiscais , além de avaliar se o país alcançou os termos do resgate de bilhões de euros.

As reformas aprovadas irão disponibilizar mais de € 5 bilhões para avaliar as finanças gregas e proteger o pagamento de dividas que vencem nos meses de junho e julho, deste ano.

"Nós temos uma oportunidade importante diante de nós de quebrar este círculo vicioso, e entrar em um círculo virtuoso", falou o primeiro-ministro grego,  Alexis Tsipras, no discurso antes da votação parlamentar durante o debate sobre as reformas.

O governo grego quer que as mudanças sejam votadas antes da reunião definitiva, que acontecerá dessa segunda-feira(9) em Bruxelas com os ministros das finanças que vão avaliar as reformas de Atenas.

Uma combinações de reformas da seguridade social e taxações adicionais podem garantir que a Grécia atingirá o objetivo de atingir a meta do superávit de 3,5% antes dos pagamentos de juros, segundo a Reuters