Hospitais darão consultas gratuitas para mulheres na Itália

A iniciativa tem como objetivo promover a saúde feminina

Entre os dias 22 e 28 de abril, acontece na Itália a primeira Jornada Nacional da Saúde da Mulher. Para a ocasião, mais de 170 hospitais abrirão suas portas e darão consultas gratuitas nas mais diversas áreas, desde ginecologia a doenças cardiovasculares e apoio a vítimas de violência.

"Acreditamos na criação de redes entre sociedades científicas, hospitais e comunidades de bem estar para promover a saúde das mulheres, o que significa promover a saúde coletiva, a começar pela da família", disse a presidente do Observatório Nacional sobre Saúde da Mulher, Francesca Merzagora.

Durante a jornada, serão desenvolvidos projetos de sensibilização e conscientização sobre doenças do sexo feminino. "Melhorar o acesso ao Serviço Nacional de Saúde e promover a informação sobre as principais doenças que atingem mulheres são os objetivos dos mais de 200 hospitais aprovados pelo 'Bollino Rosa'", explica Merzagora.

Ela se refere ao projeto "Bollino Rosa", que tem como meta identificar e premiar os hospitais italianos que possuem serviços dedicados à saúde da mulher e está promovendo o evento.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais