Diocese italiana cria prêmio João Paulo II para jornalistas

Premiação será entregue no próximo dia 2 de abril

A diocese de Teggiano-Policastro entregará neste sábado (2) o primeiro prêmio "São João Paulo II" para jornalistas que se dedicam à comunicação religiosa sempre respeitando a ética profissional.    

Os dois primeiros vencedores da premiação serão os jornalistas que trabalham como setoristas do Vaticano, Stefania Falasca, do jornal "Avvenire", e Fabio Marchese Ragona, do grupo "Mediaset".    

O evento terá como homenageado especial o padre Ciro Benedettini, vice-diretor da comunicação do Vaticano durante os Pontificados de Karol Wojtyla, Joseph Ratzinger (o papa emérito Bento XVI) e Jorge Mario Bergoglio (papa Francisco. A festa de premiação está sendo organizada pela Paróquia São Marcos, onde está guardado um tufo de cabelo de João Paulo II, e ocorrerá no dia em que se lembra os 11 anos da morte do então líder da Igreja Católica.    

O evento é ainda apoiado pelas Associações Cristãs dos Trabalhadores Italianos da província de Salerno que, para a ocasião, oferecerão ajuda a uma família carente que frequenta a diocese.