Bogotá deve anunciar hoje negociações de paz com a ELN

Grupo guerrilheiro é um dos maiores na Colômbia

O governo colombiano e o grupo guerrilheiro Exército de Libertação Nacional (ELN) devem anunciar hoje, dia 30, o início formal de negociações de paz. O ELN é o segundo maior grupo guerrilheiro da Colômbia, após as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Em comunicado, a Secretaria do Alto Comissariado para a Paz convidou a imprensa nacional e internacional para um "anúncio conjunto" que será realizado às 13h30 em Caracas, na Venezuela. Segundo o jornal "El Espectador", de Bogotá, para chegar a esse ponto de abertura, que o governo chama formalmente de "fase exploratória", foram necessários mais de três anos de aproximação.

Os diálogos de paz entre o governo de Juan Manuel Santos e a ELN devem ser anunciados em um momento em que tratativas entre Bogotá e Farc se encontram em uma fase complexa, sendo que o prazo para o anúncio de um acordo definitivo não foi respeitado.