Explosão de carro-bomba mata 27 na capital turca

Segundo o Governo, mais de 75 ficaram feridos

Um carro-bomba explodiu no coração da capital turca Ancara neste domingo (13), matando 27 pessoas e ferindo mais de 75, disse o governo, menos de um mês depois de um ataque semelhante matou 29 pessoas.

A explosão pôde ser ouvida a 2,5 km de distância e uma grande nuvem de fumaça podia ser vista subindo ao longo do centro da cidade.

Uma autoridade policial disse à Reuters que a explosão parecia ter sido causada por um carro-bomba. Uma segunda autoridade disse que um tiroteio foi ouvido após a explosão. Não houve reivindicação imediata de responsabilidade.

A área, perto de um tribunal e dos Ministérios da Justiça e do Interior, estava lotada quando a explosão aconteceu em 18:43 (horário local), disse a emissora de televisão estatal TRT.

A TRT disse que um veículo explodiu em um importante centro de transportes, atingindo um ônibus que transportava cerca de 20 pessoas perto do Parque Central Guven e da Praça de Kizilay.

O governo disse um ataque a carro-bomba anterior, ocorrido em Ancara no dia 17 de fevereiro, foi realizado por militantes curdos.

Militantes do Estado Islâmico realizaram, no entanto, pelo menos quatro ataques a bomba na Turquia desde junho de 2015. Grupos jihadistas locais e radicais de esquerda também organizaram ataques no passado no país membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais