Keiko Fujimori lidera pesquisas eleitorais no Peru

Filha de ex-presidente preso consolida favoritismo

 Com a proximidade das eleições presidenciais no Peru, em 10 de abril, a filha do ex-presidente Alberto Fujimori (1990-2000), Keiko, se consolida como a principal candidata na corrida eleitoral.    

A presidente do partido de direita Força Popular está liderando as sondagens com 34,6% das intenções de voto, informou neste final de semana a consultoria Gfk.    Resultado representa aumento de dois pontos percentuais em relação a última sondagem, realizada em janeiro.    Prometendo um "choque de gestão" no país, Fujimori quer investir na infraestrutura nacional para acelerar a economia local. Seu calcanhar de Aquiles, no entanto, é o pai, que está preso por crimes contra a humanidade.    

Ainda segundo a pesquisa, o economista Julio Guzmán, segue em segundo lugar, com 16,6%, seguido pelo colega de profissão, Pedro Pablo Kuczynski, com 6,9%.    

Isso, no entanto, pode mudar até as eleições. É comum o placar variar muito no Peru durante a corrida eleitoral. No último pleito, que elegeu Ollanta Humala, Keiko chegou a ser uma das preferidas. Foram consultadas com 1.552 pessoas entre 27 de fevereiro e 1º de março. A pesquisa tem uma margem de erro de 2,5 pontos percentuais.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais