Naufrágio mata ao menos 18 imigrantes no mar Egeu

Barco afundou durante travessia entre Turquia e Grécia

Pelo menos 18 pessoas morreram neste domingo (6) no naufrágio de uma embarcação de imigrantes no mar Egeu, entre a Turquia e a Grécia. 

Segundo a agência de notícias turca "Anadolu", outros 15 solicitantes de refúgio foram resgatados pela Guarda Costeira do país. Durante a madrugada, a cerca de cinco milhas da ilha grega de Samos, navios italianos já haviam salvado 21 pessoas de um bote que estava afundando. 

Os náufragos - 10 mulheres, sete crianças e quatro homens, todos de origem afegã - foram levados para terra firme e entregues às autoridades da Grécia. Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), desde o começo do ano, aproximadamente 135 mil imigrantes ilegais entraram na União Europeia pelo mar, sendo 126 mil por meio do mar Egeu, que separa a Turquia do território grego. 

Além disso, 321 pessoas já morreram em 2016 tentando completar a travessia na região (sem contar as vítimas deste domingo), enquanto outras 97 perderam a vida no Mediterrâneo. (ANSA)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais