Sanders cola em Hillary em pesquisas para caucus de Nevada

Ex-secretária tem apenas um ponto de vantagem sobre o senador

Após uma vitória contundente na primária de New Hampshire, o pré-candidato à Presidência dos Estados Unidos Bernie Sanders conseguiu reverter a ampla vantagem que sua adversária, Hillary Clinton, tinha nas pesquisas de intenção de voto para o caucus de Nevada, que acontece no próximo sábado (20). 

Em uma sondagem divulgada nesta quarta-feira (17) pela rede "CNN", a ex-secretária de Estado aparece com 48% da preferência, contra 47% do senador por Vermont. A projeção mostra que Hillary é mais forte entre as mulheres, enquanto Sanders é o preferido entre os eleitores com menos de 55 anos. 

Na semana passada, uma pesquisa do instituto TPC Research colocava os dois empatados com 45% cada. No entanto, até dezembro de 2015, a ex-primeira-dama aparecia frequentemente com mais de 50% das intenções de voto, enquanto Sanders mal chegava aos 30%. 

Até o momento, a ex-secretária saiu vitoriosa do caucus de Iowa, mas por uma margem estreia, enquanto Sanders obteve um amplo triunfo na prévia de New Hampshire. A votação em Nevada, um estado com forte presença latina, distribuirá 43 delegados entre os pré-candidatos democratas. 

Republicanos 

A sondagem encomendada pela "CNN" para o caucus republicano de Nevada, que acontece no dia 23 de fevereiro, mostra Donald Trump com 45% da preferência. O segundo colocado, o senador Marco Rubio, tem apenas 19%, seguido por Ted Cruz (17%), Ben Carson (7%) e John Kasich (5%). 

Ex-favorito, o ex-governador da Flórida Jeb Bush fecha a lista, com 1%. (ANSA)