Frio recorde derruba termômetros no norte da Itália

Alto Ádige registrou -22ºC na madrugada desta terça-feira (19)

A onda de frio que causou prejuízos na região centro-sul da Itália chegou ao extremo norte do país e derrubou os termômetros.

    A região de Trentino-Alto Ádige teve a madrugada mais fria no país desde 2012 ao ver a temperatura despencar para os -22º Celsius em San Giácomo neste dia 19. Já em Prettau, o frio chegou aos -20ºC e em Riva di Tures aos -19ºC.

    Um pouco mais "amena" foram as temperaturas registradas em Merano e Bolzano: -8ºC e -7ºC, respectivamente. Segundo o meteorologista Dieter Peterlin, o clima deve voltar a esquentar lentamente a partir desta quarta-feira (20).

    Já no sul do país, Molise continua em estado de emergência após um terremoto e o frio intenso que atinge a região desde o final de semana. As escolas permanecem fechadas e só devem ser reabertas quando as condições meteorológicas melhorarem. (ANSA)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais