Casa de Pablo Escobar em Miami será demolida

Atual dono acredita que tesouros podem ser encontrados no local

Na cidade norte-americana de Miami, uma casa que pertencia ao narcotraficante Pablo Escobar será demolida. O motivo, como conta o atual proprietário do local, Christian de Berdouare, é a vontade de encontrar possíveis "tesouros" deixados pelo colombiano no terreno.

Segundo o senhor, dono da rede de restaurantes Chicken Kitchen, a demolição da casa, um pouco decadente, mas em uma ótima localização, deve começar na próxima segunda-feira, dia 18, e durar de duas a três semanas.

Durante o processo, será tomado muito cuidado com as paredes e o teto, onde podem estar escondidos dinheiro, jóias, artefatos raros, ouro e até corpos, afirma De Berdouare ressaltando a fama de Escobar de colocar itens de importância na parte interna das construções.

Além disso, uma equipe com detectores de metal e outros equipamentos foram ao local para determinar se há alguma coisa de anormal na estrutura e debaixo do solo. Toda a demolição ainda está sendo documentada em vídeo para mais tarde fazer parte de um documentário.

A casa cor-de-rosa foi comprada por Escobar em 1980 por US$ 250 mil em dinheiro. De acordo com antigos vizinhos, até a sua apreensão pela polícia norte-americana, a propriedade tinha uma atividade estranha durante as noites.

O colombiano, conhecido como o maior narcotraficante do mundo, foi morto no dia 2 de dezembro de 1993 na sua terra natal, Medellín. Ele era dono de vários terrenos na Colômbia e nos Estados Unidos.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais