EI realiza 12 ataques kamikazes em cidade do Iraque

Segundo emissora, 65 soldados iraquianos morreram em ações

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI, ex-Isis) realizou 12 ataques com homens-bomba nas últimas horas em Ramadi, no Iraque, matando - ao menos - 65 soldados, informou a emissora "Al Jazeera" nesta terça-feira (15).    

Segundo a televisão, os atentados ocorreram contra militares e contra grupos pró-governo que lutam para reconquistar a cidade, que está nas mãos dos jihadistas deste maio. Esses ataques ocorreram em diversas áreas da província de Anbar e, além dos suicidas, foram utilizados quatro carros-bomba contra as tropas.    

A ação é uma resposta do EI contra a intensificação dos ataques aéreos da coalizão internacional contra postos de comando do grupo. Grande parte da província de Anbar está nas mãos dos terroristas, que veem o local como parte fundamental do seu "califado".