Unesco elege Parma e Roma como 'cidades criativas'

A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura (Unesco) declarou as cidades italianas de Parma e de Roma como "cidade criativas" da gastronomia e do cinema, respectivamente. O anúncio foi realizado em Paris nesta sexta-feira (11).    

Parma foi a primeira cidade italiana a receber esse título na história. Em maio deste ano, o prefeito Federico Pizzarotti havia anunciado a candidatura do município, famoso pelo queijo parmigiano-reggiano e por um dos tipos mais celebrados de presunto cru do mundo.    

Já Roma se inscreveu para a premiação em julho de 2015, em uma ação da prefeitura e da Fundação Cinema para Roma. A ideia é consolidar o processo de desenvolvimento local na sétima arte e para promover a identidade, a história e as experiências dos profissionais da capital italiana.    

As duas inseriram-se no âmbito da Rede Cidades Criativas, programa criado pela Unesco para desenvolver a cooperação internacional entre locais que tem a criatividade como um fator estratégico de desenvolvimento sustentável. Agora, Roma e Parma se juntam a Bolonha, Turim e Fabriano que conquistaram, respectivamente, os selos de cidades da música, do design e da arte folclórica.    

Até hoje, 69 municípios de 32 países já receberam esse tipo de selo. No Brasil, Florianópolis tem o rótulo de cidade da gastronomia e Curitiba do design.