Mudar Constituição turca é prioridade de legenda de Erdogan

Partido do presidente conquistou ampla maioria nas urnas neste domingo

A modificação da Constituição será a prioridade do novo Parlamento turco, declarou nesta quarta-feira, dia 4, o presidente Recep Tayyip Erdogan. O mandatário acrescentou que o premier Ahmet Davutoglu iniciará um diálogo com a oposição, mas que, se não houver acordo, o povo turco será consultado.     

O líder, que quer implementar o presidencialismo, nunca escondeu sua intenção de mudar a legislação, o que lhe trará mais poderes.     

Segundo o porta-voz de Erdogan, Ibrahim Kalin, "não é uma questão sobre o futuro pessoal do presidente, porque ele já entrou para a história", mas sim uma mudança que visa a tornar o sistema turco "o mais eficaz" possível.     

Com as eleições do último domingo, dia 1, o governista Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP) conseguiu retomar a maioria absoluta no Parlamento, ou seja, não precisa fazer alianças para governar.