Estados Unidos vão enviar mais US$ 10 milhões de ajuda para oposição síria

O governo dos Estados Unidos anunciou hoje (31) que enviará um novo lote de US$ 100 milhões  para ajudar a oposição síria. Segundo o secretário de Estado adjunto, Tony Blinken, o objetivo é fortalecer as instituições locais e melhorar a infraestrutura de água e luz no país.

Com os novos fundos, Washington soma US$ 500 milhões de ajuda à oposição moderada ao regime do presidente Bashar Al Assad, desde 2012.

Os recursos também servirão para fortalecer a resposta aos serviços de emergência e ajudar os ativistas da sociedade civil.

De acordo com comunicado do Departamento de Estado norte-americano, parte da nova ajuda inclui uma contribuição adicional de US$ 15 milhões para o Fundo de Recuperação da Síria, para o qual são enviadas as contribuições de 14 países.

Por meio desse fundo, nos últimos dois anos, as nações doadoras contribuíram para cabo 20 projetos que beneficiaram 2 milhões de sírios que vivem nas zonas controladas pela oposição moderada e possibilitaram melhoras no acesso a a alimentos e a serviços de saúde e eletricidade, diz a nota.

O conflito na Síria teve início em março de 2011 e já deixou mais de 250 mil mortos e 13 milhões de refugiados, em uma onda de deslocados sem precedentes desde a segunda guerra mundial, segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU).

*Da Agência Lusa