Número de vítimas em explosão na Itália sobe para nove

Incidente destruiu fábrica de fogos de artifício no sul do país

Morreu neste domingo (26) Michele Bruscella, 43 anos, um dos feridos na explosão que atingira uma fábrica de fogos de artifício de Modugno, sul da Itália, na última sexta-feira (24). Com isso, subiu para nove o número de vítimas do incidente.

    O homem era um dos responsáveis pelo negócio e estava internado em estado grave e com queimaduras em 85% do corpo no hospital Perrino, em Brindisi. Duas pessoas ainda continuam sendo tratadas em centros de saúde da região.

    Ainda não se sabe a causa da explosão, mas há indícios de que ela tenha ocorrido enquanto funcionários carregavam fogos em um carro para transportá-los a um evento. (ANSA)