Atirador mata duas pessoas e se suicida em cinema da Louisiana, nos EUA

Um atirador abriu fogo em um cinema da Louisiana, no sul dos Estados Unidos, na noite desta quinta-feira (23/7), matando duas pessoas e ferindo outras sete e depois cometeu suicídio.

O homem branco com cerca de 50 anos atacou o cinema Grand 16 da cidade de Lafayette, durante a exibição da comédia "Descompensada". No momento do ataque havia cerca de 100 pessoas no cinema.

De acordo com o chefe de polícia Mike Edmonson local, Jim Craft, o agressor agiu sozinho e atirou várias vezes. A polícia se recusou a revelar a identidade do assassino. O esquadrão antibombas foi chamado para investigar um veículo que supostamente pertencia ao atirador.

Em sua conta no Twitter, o governador da Louisiana, e pré-candidato republicano à Casa Branca,  Bobby Jindal escreveu quando se dirigia para a cidade: "Rezem por Lafayette. Conversando com o coronel da polícia estadual sobre o tiroteio".

A atriz Amy Schumer, protagonista de "Descompensada", escreveu no Twitter: "Meu coração está partido e meus pensamentos e orações estão com todos na Louisiana".

O tiroteio ocorre no momento em que um júri do estado do Colorado delibera sobre se condena à morte James Holmes, autor do massacre no cinema de Aurora, que deixou 12 mortos e 70 feridos em julho de 2012, durante sessão do filme "Batman - o cavaleiro das trevas ressurge".