Quatro italianos são sequestrados na Líbia

Quatro italianos que trabalham para uma empresa de construção foram sequestrados na Líbia, anunciou nesta segunda-feira o ministério italiano das Relações Exteriores, em Roma.

No momento do sequestro, os quatro se achavam perto do complexo da companhia petroleira italiana ENI na região de Melita, oeste de Trípoli, segundo um comunicado do ministério.  

A embaixada italiana na Líbia está fechada desde 15 de fevereiro e que os italianos foram convidados a deixar o país, mergulhado em violência e caos desde a morte do líder Muamar Khadafi em 2011.